Voltar

Doenças infecciosas em felinos e sua prevenção

19/12/2019 - Informação

Conversamos com as Dras. Marúcia de Andrade Cruz e Ana Laura D’Amico sobre a importância do diagnóstico de Toxoplasmose, sua prevenção e relação com outras doenças infecciosas em felinos. Confira. 

A Toxoplasmose é uma zoonose de distribuição mundial, causada pelo protozoário Toxoplasma gondii. Embora os felinos não sejam os principais “vilões” na transmissão da Toxoplasmose, ainda existem muitas dúvidas dos tutores sobre a participação dos felinos no ciclo dessa doença e a relação da Toxoplasmose com outras enfermidades importantes em felinos. 

 

Recentemente o  Laboratório Pró Vita  e a Clínica Veterinária Mania de Gato realizaram uma série de testes utilizando os Kits ImmunoComb Toxoplasma & Chlamydophila Felina. A atividade faz parte de um estudo que será publicado posteriormente e também compartilhado aqui em nosso blog. Aproveitando esse encontro e parceria, entrevistamos as Dras. Marúcia de Andrade Cruz e Ana Laura D’Amico. Elas nos contam mais sobre a importância do diagnóstico de Toxoplasmose  em felinos e sua prevenção e suas experiências com o os Kits da VP Diagnóstico. 

Toxo & Clamidia - Laboratório ProVita   Toxo & Clamidia - Laboratório ProVita

Fotos do laboratório Pró Vita e Mania de Gato durante a realização dos testes de Toxoplasma & Chlamydophila Felina.

 

A solicitação do teste sorológico para Toxoplasmose está na rotina do clínico veterinário que atende felinos? Por que você acha que isso acontece?

Dra. Ana Laura D’Amico: A sorologia para toxoplasmose é um exame pouco solicitado na nossa rotina laboratorial e está mais vinculada à casos de tutoras gestantes, assustadas por seus médicos obstetras sobre o risco de contração da doença durante este período.

 

Toxo & CLamidia - Laboratório ProVita

Fotos do laboratório Pró Vita e Mania de Gato durante a realização dos testes de Toxoplasma & Chlamydophila Felina.

 

Os tutores se preocupam com a Toxoplasmose? conhecem o papel que os gatos têm no ciclo da doença?

Dra. Marúcia de Andrade Cruz: Em geral há preocupação sim com a toxoplasmose, e os tutores são esclarecidos sim, o maior problema está no desconhecimento dos familiares dos tutores, os que não têm  gatos e não procuram fontes corretas de informação! E algumas pessoas confundem-se com relação a vacinação!

 

Para saber mais sobre Toxoplasmose, acesse o artigo aqui.  

 

Os tutores sabem da importância de prevenir as doenças infecciosas em felinos?

Dra. Marúcia de Andrade Cruz: Sim,  há uma preocupação com o diagnóstico, modo de transmissão e imunoprofilaxia.
 

Toxo & Clamidia - Laboratório ProVita

Fotos do laboratório Pró Vita e Mania de Gato durante a realização dos testes de Toxoplasma & Chlamydophila Felina.


Na sua prática laboratorial, é comum observar alterações hematológicas e/ou bioquímicas nos felinos reagentes para Toxoplasmose? Quais são as alterações mais  observadas?

Dra. Ana Laura D’Amico: Infelizmente, não sei responder a questão pois não me lembro de já ter visto algum caso positivo para toxoplasmose (doença). Sei que os raros animais que apresentam clínica costumam ter infecções bacterianas secundárias, como enterites e pneumonia, o que possivelmente levam à leucocitose e desvio a esquerda. A formação de cistos musculares talvez eleve enzimas presentes nesse tecido, como CK e AST. Porém, estou especulando.
 

Toxo & Clamidia - Laboratório ProVita

Fotos do laboratório Pró Vita e Mania de Gato durante a realização dos testes de Toxoplasma & Chlamydophila Felina.

 

Quando um felino apresenta resultado positivo para Leucemia Viral Felina, é indicado pesquisar também outras doenças infecciosas nesse paciente?

Dra. Ana Laura D’Amico: Com certeza, sabendo que a leucemia viral felina pode levar à imunossupressão, hemoparasitas e outras infecções podem ser desenvolvidas nesses pacientes com sistema imune falho.

 

 

"A clamidiose felina é uma doença altamente contagiosa. Causada pela bactéria Chlamydophila sp, afeta o trato respiratório e ocular dos gatos, podendo levar ao desenvolvimento de conjuntivite. Para saber mais sobre Clamidiose Felina, confira nossa entrevista com a Dra. Fernanda Kindler Marques aqui."
 

 

Qual foi o seu primeiro contato com os Kits da VP Diagnóstico, principalmente o Kit ImmunoComb Toxoplasma & Chlamydophila IgG? E como essa tecnologia trouxe benefícios para a rotina clínica e no diagnóstico?

Dra. Ana Laura D’Amico: O meu primeiro contato com o kit foi quando recebemos um kit para demonstração  alguns meses atrás. Sinto bastante falta do resultado de IgM associado para comparação.
 

Dra. Marúcia de Andrade Cruz: Na verdade meu contato é indireto com os Kits, pois sempre os utilizo através do laboratório! Sabidamente foi com a disponibilidade dos kits, e sempre poder testar um número maior de pacientes nos traz maiores respostas como estão nossos pacientes frente a um agente em nossa região, informações epidemiológicas importantes!
 

Toxo & Clamidia - laboratório ProVita

Fotos do laboratório Pró Vita e Mania de Gato durante a realização dos testes de toxoplasma &chlamydophila.

Na sua experiência clínica, você observa relação entre gatos com toxoplasmose e positivos para doenças virais (como peritonite infecciosa felina, imunodeficiência viral felina e/ou leucemia viral felina) ?

Dra. Marúcia de Andrade Cruz: Já fizemos um diagnóstico de um paciente positivo para FIV com Toxoplasmose enfermidade, neste caso hepatite. Recentemente testamos uma paciente para toxoplasmose com sinais neurológicos negativos para FIV e FELV, mas ainda não testada para coronavírus.

 

Qual é a sua recomendação para os tutores quanto ao protocolo vacinal e o uso dos testes para diagnóstico da saúde dos animais?

Dra. Marúcia de Andrade Cruz: Nossa recomendação é que se realize a primovacinação a partir de 60 dias, escolhendo entre quádrupla ou quíntupla dependendo da dinâmica familiar, com reforço em 30 dias e anual para os pacientes com vida semi-domiciliar e a cada dois ou três anos para os estritamente domiciliados e com populações controladas e negativos para FELV! E imunoprofilaxia para raiva a partir de quatro meses e sempre anual e recomendação atualmente semestral para os FIV e FELV positivos!

Dra. Ana Laura D’Amico: Com relação a protocolo vacinal, não posso opinar pois está fora da minha área de atuação e estudo. Porém, com relação ao uso de testes para diagnóstico de saúde, de resposta vacinal, de sistema imunológico capaz, sou 100% a favor.

 

 Dra Ana Laura

Dra. Ana Laura D’Amico

Formada em Medicina Veterinária pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, em 2008. Realizou residência médico-veterinária na área de Patologia Clínica de 2008 a 2010. Possui Especialização em Urgências Médicas e Terapia Intensiva pela Qualittas. É Mestre pela Universidade Federal do Paraná em Ciência Animal, com ênfase em Patologia Clínica. Hoje faz MBA em Gestão Empresarial, é professora da Qualittas, da VeteduKa e sócia proprietária do Laboratório Veterinário Pró Vita, em Curitiba-PR.

Laboratório Pró Vita 

O Pró Vita é especializado em patologia clínica e tem como responsável técnica a médica veterinária Drª Ana Laura D’Amico Fam, graduada e com residência médico veterinária em Patologia Clínica pela PUC-PR. Especialização em urgências e emergências Clínico-cirúrgicas de animais de companhia pelo Instituto Qualittas de Pós-Graduação. Especialização em patologia clínica veterinária pelo Instituto Qualittas de Pós-Graduação realizado com bolsa integral como prêmio pelo 3º melhor trabalho do Congresso MedVep (2001). Mestrado em ciências veterinárias, com ênfase em patologia clínica e professora do Instituto Qualittas de Pós-Graduação.

 

Dra Marucia

Dra. Marúcia de Andrade Cruz

Graduada pela UDESC em Medicina Veterinária em 1999. Pós graduada pela PUCPR em clínica médica e cirúrgica de animais de companhia em 2002. Mestre em Ciências Veterinárias pela UFPR em 2007 com o tema Toxoplasmose. Pós graduada pela PUCPR em Manejo Comportamental de cães e gatos em 2012. Foi Professora de Clínica Médica de Felinos (UTP) durante 4 anos. Foi Professora da Qualittas de Doenças Infecciosas de Felinos Domésticos. Professora da PUCPR em módulo de Medicina Felina na Pós-graduação de Clínica Médica de Animais de Companhia. É sócia proprietária e fundadora da Clínica Veterinária Mania de Gato (Curitiba-PR) desde 2001.

Mania de Gato

A Clínica Veterinária Mania de Gato, fundada em 2001, construiu uma história de dedicação e respeito aos gatos e seus responsáveis. Foi o que nos levou a concretizar um ideal, o de criar um centro veterinário especial para o seu companheiro felino oferecendo conforto e qualidade nos mais diversos serviços. Surgiu assim um espaço exclusivo para gatos domésticos em Curitiba, somos a primeira clínica do sul do Brasil que oferece a você e ao seu cat a possibilidade encontrar em um único local: Cat shop | Cat Hotel | Banho e afins.

 

Siga no Instagram

@VPDiagnostico

@labprovita

@maniadegato_vet

 

 

 

 

 

PALAVRAS-CHAVE  

VP Diagnóstico

Kits ImmunoComb 

ImmunoComb Toxoplasma & Chlamydophila 

Laboratório Pró Vita 

Doenças virais em felinos

Doenças infecciosass em felinos 

Felinos 

Mania de Gato 

Leucemia Viral Felina